Minas Gerais tem o maior número de instalações de placas solares do Brasil.

Minas Gerais tem o maior número de instalações de placas solares do Brasil.

O setor de energia solar no Brasil tem crescido muito, em especial no estado de Minas Gerais, que está investindo intensamente em microgeração de energia através de placas fotovoltaicas, sendo cada vez mais comum notar placas de energia solar em residências e empresas.

Minas Gerais é o estado brasileiro que ganhou mais destaque na área de microgeração de energia solar, seguido pelos estados de São Paulo e do Rio Grande do Sul. A microgeração de energia solar foi regulamentada no ano de 2012, por uma resolução da própria ANEEL (Agencia Nacional de Energia Elétrica). Os consumidores podem instalar placas solares em suas casas ou empresas e gerar sua própria energia.

O estado de Minas Gerais conta com um quinto de todas as instalações de energia solar do país. Mas isso não aconteceu do dia para noite, um fator que colaborou para a aderência da população a energia solar para residência foi o fato de Minas Gerais acabar com a cobrança dobrada do imposto sobre energia solar.

A cidade de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, possui o maior número de placas de energia solar do Brasil. A capital Belo Horizonte e as cidades de Sete Lagoas, Betim e Montes Claros também se destacam. A principal vantagem da instalação de placas fotovoltaicas para o consumidor é a economia na conta de luz. O valor do investimento feito pelo usuário é “recuperado” em forma de economia de energia em cinco ou seis anos. Como o equipamento tem vida útil de 20 a 25 anos, o cliente ainda sai ganhando.

As placas solares instaladas nas residências ou empresas são conectados à rede de distribuição da CEMIG (Companhia Energética de Minas Gerais). Para isso, é preciso apresentar a documentação da instalação do gerador de energia solar à empresa. Como não é possível armazenar energia elétrica, se o cliente não usar toda a energia solar gerada em sua casa, a mesma é enviada à rede de distribuição, e o gerador fica com um crédito no mesmo volume para ser utilizado em até 60 meses.

O uso de energia solar oferece inúmeros benefícios para o Brasil, tais como redução nos impactos ambientais, especificamente em termos de sua capacidade de renovação e a redução das emissões de gases de efeito estufa, e também vantagens financeiras para quem decide instalar placas fotovoltaicas. A tendência no futuro é que a energia solar adquirida através de placas solares se torne a principal fonte de energia do mundo inteiro.

Em 2018, o Brasil deverá estar entre os 20 países que mais produzem energia solar através de placas solares, considerando-se a potência já contratada (2,6 GW) e a escala da expansão dos demais países. O Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2024) estima que a capacidade total instalada de energia solar chegue a 8.300 MW em 2024, sendo 7.000 MW geração descentralizada e 1.300 MW distribuída.

Para o planejamento do setor elétrico em 2050, estudos estimam que 18% dos domicílios no Brasil terão gerador de energia solar com placas fotovoltaicas (8,6 TWh), ou 13% da demanda total de eletricidade residencial.

 

Matéria de Portal Solar | bit.ly/2O61gPp

Share this:

1 comentário sobre “Minas Gerais tem o maior número de instalações de placas solares do Brasil.

Deixe um comentário